literatura,

Resenha / Livro / A Garota no Trem

quinta-feira, fevereiro 02, 2017 Digaí, Leitores! 4 Comments




Título: A Garota no Trem
Autora: Paula Hawkins
Editora: Editora Record
Páginas: 378
Edição: 1º
Avaliação: ★☆

Sinopse: "Todas as manhãs, Rachel pega o trem das 8h04 de Ashbury para Londres. O arrastar trepidante pelos trilhos faz parte de sua rotina. O percurso, que ela conhece de cor, é um hipnotizante passeio de galpões, caixas d'água, pontes e aconchegantes casas. Em determinado trecho, o trem para no sinal vermelho. E é de lá que Rachel observa diariamente a casa de número 15. Obcecada com seus belos habitantes a quem chama de Jess e Jason, Rachel é capaz de descrever o que imagina ser a vida perfeita do jovem casal. Até testemunhar uma cena chocante, segundos antes de o trem dar um solavanco e seguir viagem. Poucos dias depois, ela descobre que Jess na verdade Megan está desaparecida. Sem conseguir se manter alheia à situação, ela vai à polícia e conta o que viu. E acaba não só participando diretamente do desenrolar dos acontecimentos, mas também da vida de todos os envolvidos. Uma narrativa extremamente inteligente e repleta de reviravoltas, A garota no trem é um thriller digno de Hitchcock a ser compulsivamente devorado.”

É aquela história que faz valer a categoria de thriller psicológico. História amarrada, porém bastante envolvente, repleta de reviravoltas. Quando lemos um livro, nós nos afixamos no personagem principal e ele acaba se tornando uma referência pra trama, um exemplo. Agora imaginem ler um livro, onde a personagem principal é uma mulher mal sucedida e alcoólatra. Conseguiram imaginar?

“Perdi o controle sobre tudo, até sobre os lugares dentro da minha cabeça.”
Rachel, a nossa "Garota do Trem", não é a única narradora da história. Também, acompanhamos o ponto de vista de Megan, uma jovem e bela mulher, que mora em uma casa as margens da ferrovia, por onde Rachel passa todos os dias e Ana, que é a atual esposa de Tom, ex-marido de Rachel. O olhar diferenciado de Rachel, uma mulher repleta de problemas, me chamou bastante atenção e me fez refletir sobre vários aspectos da vida real. É o caso de muitas vezes acharmos que a grama do vizinho é sempre mais verde que a nossa. Exemplo disso é quando Rachel, observa a vida do casal Megan e Scott e a idealiza como perfeita, criando uma história de amor maravilhosa para os dois, mas logo a frente descobrimos que não é bem assim.

Em um dos seus passeios de trem, Rachel observa uma cena chocante e logo depois, descobre que Megan desapareceu na mesma noite e passa achar que precisa se envolver no mistério e ajudar a policia a desvendá-lo. O único problema nisso, é que Rachel não se lembra de quase nada daquela noite, pois como de costume, estava alcoolizada. Suas únicas lembranças se resumem a ver algo aterrorizante que a fez descer do trem e depois disso, acordar machucada em sua cama.


A partir daí, eu me senti a própria Rachel, tentando desvendar o mistério do sumiço de Megan. Todos os personagens passaram a se tornar nada confiáveis. E questionamentos surgiram: Qual deles seria o responsável por esse desaparecimento? Seria Rachel em um surto alcoólico? Tom? Ana? Scott? Até pouco antes do fim, eu ainda estava em dúvidas sobre a indenidade do "criminoso".

“Não, é porque acho que já faço parte desse mistério, que estou conectada a ele. Não sou mais só uma garota no trem, indo e vindo sem motivo ou propósito”

Por fim, foi uma leitura agradável, intrigante de fato, quando achava que os mistérios estavam se revelando, eis que surgiam outras pistas, e mudavam os caminhos da história.
A adaptação cinematográfica estreou no dia 27 de novembro de 2016, foi dirigido por Tate Taylor e teve como elenco Emily Blunt (Rachel Watson), Rebecca Ferguson (Anna) Haley Bennett (Megan), Justin Theroux (Tom), Luke Evans (Scott), etc. Ainda não vi o filme, mas pelo que andei lendo não agradou muito, por não expor mais a fundo a personalidade dos personagens, que é exatamente o que acontece no livro. Se vocês já leram e/ou assistiram, deixem aí nos comentários o que achou do livro e/ou do filme.

Você pode gostar também de

4 comentários:

  1. Olá!
    Já faz um tempinho que eu to louca pra ler esse livro, ele ta no topo da lista para serem lidos. Adoro o enredo e quero muito ver o filme. Bela resenha.
    abraços!
    Squad Of Readers

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma leitura que vale muito a pena !
      Obrigada <3

      Excluir
  2. Suas fotos estão lindas e a resenha bem escrita. Valeu meu 2016 ter lido este livro que me fez apaixonar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oun,muito obrigada ! <3
      O livro é de se apaixonar mesmo !

      Excluir